terça-feira, 29 de junho de 2010

Secos & Molhados



Faz tempo que não posto apenas letras de músicas então hoje vão ser duas curtinhas e antigas (de 1973) pra tirar o atraso.
As duas são do primeiro disco do Secos & Molhados, que tem uma das melhores capas da história!
Aproveitem! =D

Amor

Leve, como leve pluma
Muito leve, leve pousa.
Muito leve, leve pousa.

Na simples e suave coisa
Suave coisa nenhuma
Suave coisa nenhuma.

Sombra, silêncio ou espuma.
Nuvem azul
Que arrefece.

Simples e suave coisa
Suave coisa nenhuma.
Que em mim amadurece


El Rey

Eu vi El Rey andar de quatro,
de quatro caras diferentes.
E quatrocentas celas
cheias de gente.

Eu vi El Rey andar de quatro,
de quatro patas reluzentes.
E quatrocentas mortes...

Eu vi El Rey andar de quatro,
de quatro poses atraentes.
E quatrocentas velas
feitas duendes

2 comentários:

Marcelo disse...

Eita Digones ... Para ser bem chato isso ae ...

Abs,
Chang

Marcelo disse...

Eita Digones ... Para ser bem chato isso ae ...

Abs,
Chang