terça-feira, 15 de maio de 2007

Música De Trabalho

Acho que nunca postei uma música do Legião aqui,
embora seja uma das bandas que eu mais curto
(não ouço mt ultimamente, é verdade) e que mais me influenciaram.
Bem... hj tava fazendo uma sessão nostalgia ouvindo
o primeiro (Legião Urbana) e o último (A Tempestade) discos,
e me lembrei de uma música pouco conhecida que como todas
músicas do Renato Russo, são sempre atuais, apesar dessa
já ter sido composta a mais de 10 anos
(puxa, 10 anos q o cara se foi já passaram).
É legal pensar o que mudou no mundo, e no Brasil principalmente,
nesses dez anos, e assustador constatar que algumas coisas não
melhoraram, ou até, pioraram!
Leiam, se possivel escutem (baixe da net se for o caso), e espero que gostem.

Música de Trabalho (Legião Urbana, A Tempestade)

Sem trabalho eu não sou nada
Não tenho dignidade
Não sinto o meu valor
Não tenho identidade

Mas o que eu tenho
É só um emprego
E um salário miserável

Eu tenho o meu ofício
Que me cansa de verdade

Tem gente que não tem nada
E outros que tem mais do que precisam
Tem gente que não quer saber de trabalhar

Mas quando chega o fim do dia
Eu só penso em descansar
E voltar p'rá casa pros teus braços

Quem sabe esquecer um pouco
De todo o meu cansaço
Nossa vida não é boa
E nem podemos reclamar

Sei que existe injustiça
Eu sei o que acontece
Tenho medo da polícia
Eu sei o que acontece

Se você não segue as ordens
Se você não obedece
E não suporta o sofrimento
Está destinado a miséria

Mas isso eu não aceito
Eu sei o que acontece
Mas isso eu não aceito
Eu sei o que acontece

E quando chega o fim do dia
Eu só penso em descansar
E voltar p'rá casa pros teus braços

Quem sabe esquecer um pouco
Do pouco que não temos
Quem sabe esquecer um pouco
De tudo que não sabemos

3 comentários:

daniboy disse...

Foca, seu blog é legal.
Um abraço

Anônimo disse...

foca, eu ti amo

Anônimo disse...

Obrigado por intiresnuyu iformatsiyu